Formação
21.Fev - MATURIDADE
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
MATURIDADE

            Maturidade 


Hoje em dia somos solicitados por estímulos que nos bombardeiam dia e noite, sentimos dificuldades em efetuar uma síntese harmoniosa de todas as nossas potencialidades que trazemos  no corpo e na alma. Nem sempre na educação que recebemos na família, escola ou mesmo na Igreja nos ajuda, oferecendo  subsídios fundamentais para conseguir esta síntese harmoniosa que leva ao perfeito amadurecimento.

"Eu vim para que todas as ovelhas tenham vida, e a tenham em abundancia" (Jo 10,10). A partir da Graça de Deus, percebemos como o homem pode lançar se nesta aventura do desenvolvimento de todo seu potencial humano: corporal, psíquico, afetivo, social e espiritual, até desabrochar uma personalidade saudável, feliz, ativa e criativa, cheia de graça, "até atingirmos o estado de homem perfeito, a estatura da maturidade de Cristo". (Ef 4,13). O processo de maturidade dura à vida toda, pois a pessoa humana nunca é completamente amadurecida. Para darmos passos concretos de crescimento neste longo caminho de busca da maturidade, que pode ser entendido como busca de santidade, ou da "vida em abundancia" ou ainda da plenitude de todas as nossas capacidades e talentos. Desta forma, o processo de amadurecimento não é nada mais do que uma "virada" no âmbito de nossos interesses pessoais, mudança progressiva de nosso centro de interesse vital, isto é, a "saída de nós mesmos" em direção ao mundo externo no qual estamos essencialmente inseridos . Pode  se concluir que todo egocentrismo é, sob o ponto de vista psicológico, antes de tudo, uma atitude ou comportamento infantil. Quando este comportamento toma se habitual, mesmo numa fase sucessiva à infância, é sinal característico de falta de maturidade, independentemente da idade cronológica, da cultura, da atividade e do próprio êxito profissional. O "adulto egocêntrico" é vivencialmente uma criança. Consequentemente, todo isolamento dentro de si próprio, dentro do próprio lar, ou de qualquer outro tipo de sociedade "fechada" impede o amadurecimento. A vida do homem torna se verdadeiramente humana, quando dimensionada em função do que existe fora dele.  É preciso a coragem para sair de sí mesmo. Isto significa sair de nossas "zonas de conforto", corrermos riscos indo além dos limites estabelecidos pelo medo em nossa vida. Sair de sí,  exige um ato corajoso da mente e da vontade. Neste caminho de aventura e desafios descobrimos novos talentos que não sabíamos possuir, vencemos os medos, que sempre nos batem a porta, expomo nos aos outros, ao mundo, caminhamos para o amadurecimento. Como primeiro passo nesta direção: "Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje!”

Reflita sobre sua postura e comportamento diante da vida: busco viver um mundo real, objetivo, ou me refugio, habitualmente no meu próprio mundo, elaborado pela minha imaginação e fantasia? 

E depois de refletir e rezar, trace metas e gestos concretos, pois a maturidade é um caminho, portanto é importante dar passos. Não vislumbre só a chegada, mas viva intensamente cada momento, cada conquista, cada mudança interior e exterior, pois vale a pena chegar no final e olhar pra trás e perceber que você VIVEU e não sobreviveu. 

                                                                                                           Ana Maria Corrêa CCNA


Fonte: Comunidade Católica Nova Aliança

Indique a um amigo
 
NEWSLETTER: Informe o seu e-mail para receber as nossas novidades
Contato
  • ESCRITÓRIO

    Avenida Miguel João, 463, Anápolis/GO - Centro

  • (62) 3943-5555


  • Ou

    CEP: 75020-360

  • Dúvidas, críticas e sugestões
  • A sua opnião ajuda a construir um serviço de qualidade. Por isso, envie-nos suas sugestões, críticas e elogios ou dúvidas.

  •  

    Copyright © 2018 Comunidade Católica Nova Aliança. Todos os direitos reservados.