CONTEÚDO
Notícias
 
29.Nov - Advento
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

Mais um ano se inicia. Sim, pois, diferente do ano civil, nosso ano litúrgico não tem seu inicio vinculado ao primeiro dia de janeiro, mas sim ao Primeiro Domingo do Advento.  É aqui que se inicia o ano litúrgico, que se conclui com a festa de Cristo Rei. A liturgia busca fazer com que no intervalo de um ano nós possamos experienciar aquilo que é nossa vida, cujo início se dá com a expectativa da vinda do messias, e cuja conclusão caminha para a plena recapitulação de tudo em Cristo Rei do Universo.


O advento é o tempo então em que podemos viver mais intensamente essa experiência da expectativa da vinda do Senhor, e não só celebrar sua primeira vinda, mas verdadeiramente esperar por Ele que virá, em sua segunda vinda, e tanto é que a liturgia vive esses dois momentos de maneira bem distintos: as celebrações até o dia 16 de dezembro tem sempre essa tonalidade de expectativa da segunda vinda de Jesus, com textos que versam sobre a escatologia, A partir do dia 17 de dezembro, tendo em vista a proximidade mais imediata do Natal, os textos litúrgicos passam a centrar-se nessa primeira vinda de Jesus.


É um tempo belíssimo, e de grande oportunidade de transformação de vida, dado que naturalmente se experimenta certa “mágica” no ar, um tempo que naturalmente quase que identificamos com o natal, que embora interligados são distintos. Trata-se daquele tempo em que se vivem intensamente experiências de unidade familiar, gostamos de presentear as pessoas que amamos, ceiamos juntos; tempo oportuno para abrir o coração para o perdão daquilo que ao longo de todo o ano talvez tenha ferido nosso coração.


Na liturgia usamos as mesmas tonalidades usadas na quaresma: o roxo e o rosa. É também um tempo de penitência, mas não as duras penitências da quaresma: o jejum e a abstinência, mas talvez a penitência que mais se adeque ao advento seja a vigília. É um tempo de nos recordarmos que o Senhor virá, e que devemos estar preparados. Não é difícil de olhar para o mundo e ver que ele se encontra num estado de sonolência, embora também não seja difícil de enxergar que para o mundo, nós cristãos vivemos num estado de sonolência, de fantasias e de ilusões. Se fizermos uma analogia com o estado de sonolência física, perceberemos que se trata exatamente do contrário: quando estamos cansados, com sono, encontramos uma grande dificuldade em nos mantermos acordados, e o mais fácil seria “entregar-se” ao sono e deixar-se embalar por ele. É exatamente nesse estado que nos encontramos neste mundo. Nós cristãos somos estes que estamos acordados, sabemos a verdade, sabemos o que esperamos, aguardamos ansiosamente a vinda do Senhor, e queremos estar despertos quando do seu retorno, e isso exige muito de nós. Ao contrário, o mundo se encontra nesse estado não de sonolência, mas de profundo sono. São as pessoas que se entregaram àquilo que é mais cômodo. É mais cômodo acompanhar as tendências mundanas que viver a exigência que Jesus apresenta no evangelho.


Por isso nos esforcemos para aproveitar bem esse tempo de advento, preparando-nos bem para esse encontro com Jesus, que embora possa acontecer todos os dias, na Eucaristia, na nossa oração pessoal, na leitura da Sagrada Escritura, no encontro com um irmão, e em tantas outras ocasiões, mas que celebraremos de forma especialíssima no Natal que se aproxima, e que um dia celebraremos eternamente no nosso encontro pessoal e definitivo com o Senhor, no seu retorno ou quando nos chamar para ele. Que esses dias de advento sejam frutuosos em transformar aquilo em nosso coração que ainda não se adéqua à vontade divina para que no momento desse encontro possamos ouvir as belíssimas palavras do Senhor que me dou à liberdade de parafrasear: Vem filho amado, não precisa mais lutar, não precisa mais chorar, vem para a morada que eu preparei pra você, venha saborear da minha eterna companhia e daqueles que me amaram acima de tudo!


 


Padre William Santana
Aliança- Anápolis/GO


Indique a um amigo
 
NEWSLETTER: Informe o seu e-mail para receber as nossas novidades
Contato
  • ESCRITÓRIO

    Avenida Miguel João, 463, Anápolis/GO - Centro

  • (62) 3943-5555


  • Ou

    CEP: 75020-360

  • Dúvidas, críticas e sugestões
  • A sua opnião ajuda a construir um serviço de qualidade. Por isso, envie-nos suas sugestões, críticas e elogios ou dúvidas.

  •  

    Copyright © 2019 Comunidade Católica Nova Aliança. Todos os direitos reservados.